SENAMIC

Secretaria Nacional de Missões

A Igreja de Cristo no Brasil mesmo tendo sido organizada (fundada) em 13 de Dezembro de 1932, somente em uma Reunião do Conselho Nacional, na cidade de Extremoz RN, em julho de 1999, aprovou a criação da SECRETARIA NACIONAL DE MISSÕES – SENAMIC, sendo eleito como secretário o Pastor Walfredo Ferreira de Medeiros para um mandato de 2 (dois) anos.
Desde sua criação, a SENAMIC – Secretaria Nacional de Missões já foi dirigida por três pastores, sendo Walfredo Ferreira de Medeiros, Francisco Pedro Rodrigues e atualmente o Pastor Antonio Olimpio Dantas.
A partir da criação a secretaria passou a dar cobertura financeira e administrativa aos Estados do Maranhão e Pará. Com a eleição do Pr. Antonio Dantas em 2001 foram acrescidos os Estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal.
Em março de 2003, o escritório executivo da SENAMIC fora transferido para a cidade de Imperatriz MA, ocasião que juntamente com o Pr. João Carvalho, Iramar Resende Sousa e outros obreiros que aderiram a Igreja de Cristo no Brasil e o então  Presbítero José Ribamar Sousa, o irmão Marcio de Moraes e demais obreiros contribuíram para um rápido desenvolvimento da ICB na cidade de São Luís capital do MA.

Em 2006, com a eleição do Pr. Francisco Pedro Rodrigues, enquanto os projetos no Maranhão progrediam, os trabalhos da SENAMIC se direcionaram também a expansão missionária no Estado do Paraná, de modo especifico nas cidades de Maringá, Curitiba e Sarandi.

Em 2012 o Pr. Antonio Dantas reassumiu a Secretaria Nacional de Missões e recebeu da região eclesiástica da ICB em São Paulo as implantações na cidade de Novo Cruzeiro e duas outras implantações em Minas Gerais e em Londrina-PR.
No decorrer destes 18 anos de existência da Secretaria Nacional de Missões, o objetivo único e exclusivo foi o avanço da denominação nos Estados da federação que ainda não tinham sido alcançados. Sendo, que através de visitas periódicas e reuniões anuais com todos os obreiros já assistidos e acompanhados pela secretaria tem sido possível o repasse da doutrina da ICB bem como o recebimento de novos obreiros e planejamento de novos avanços, mantendo-se a unidade da fé, a doutrina e o governo teocrático-congregacional.
Hoje já é possível contabilizar alguns frutos desse árduo e gratificante trabalho da Secretaria Nacional de Missões, dentre quais, destacamos:


1 – Em 2010 - foi aprovada a criação da região administrativa eclesiástica do Maranhão. Região essa que foi acompanhada e assistida pela SENAMIC e no mesmo ano, após comprovada capacidade de autonomia financeira, administrativa e sobretudo de maturidade cristã, sua administração foi entregue aos obreiros que ao longo de alguns anos foram sendo recebidos pela denominação e outros que foram descobertos na própria denominação.


2 – Em 26 de novembro de 2016 na cidade de Brasília, conforme registro no Documento de Brasília, em reunião anual da SENAMIC foram reconhecidas como igrejas autônomas as seguintes congregações; Una - Belém PA, Recanto das Emas, Cidade Satélite DF e Londrina PR.
       

Esses reconhecimentos eclesiásticos no Centro Oeste, deram-se, a partir da certificação de que cada igreja já conta com seus pastores presidindo as referidas igrejas e administradas por suas diretorias e lideranças eclesiásticas.
Outro avanço na região, decidida na mesma data, foi a autorização concedida pela SENAMIC para que cada igreja autônoma promova avanços missionários implantando novas congregações e igrejas, descentralizando o trabalho da Secretaria de Missões, que poderá desenvolver novos projetos, e focar naqueles que estão em andamento.


Nos dias 14 e 15 de outubro de 2017 na cidade de Londrina-PR aconteceu a reunião anual da SENAMIC e entre outros assuntos ficou acordado que a Secretaria Nacional de Missões se dedicará principalmente ao desenvolvimento missionário nos 03 (três) Estados Goiás/DF, Paraná e Minas Gerais bem como preparará o Estado do Pará para torna-lo uma região administrativa eclesiástica.


Chegamos nesse ponto da história da ICB, podendo glorificar a Deus pelo esforço empreendido por todos e em especial aqueles que se dedicam diretamente a expansão do Reino de Deus através desta denominação e se instrumentalizando da SENAMIC, obreiros que respondem ao chamado do Senhor e assumem posições na diretoria ou a frente de igrejas, congregações e até mesmo pontos de pregação ou ainda simplesmente uma porta aberta no lar de um irmão.
Nesse sentido, jamais podemos esquecer do apoio recebido dado pela Diretoria Nacional da ICB viabilizando que as igrejas e ou regiões eclesiásticas contribuam para manutenção e ainda cooperadores ou mantenedores financeiros que somam a esse projeto.
Como resultado desse esforço mútuo e coletivo, estamos em desenvolvendo projeto e implantação e consolidação em mais 04 (quatro) Estados da Federação:

  • PARÁ : Belém – ICB Una, Congregações em Guamar, Benevides, Santo Antonio de Tauá e Castanhal.
  • GOIÁS – ICB Recanto das Emas, Congregações em Vila Planalto, Nerópolis, Santo Antônio do Descoberto e Chapadão do Céu.
  • PARANÁ – ICB Londrina, Congregações em Maringá e Sarandi. MINAS GERAIS – Congregações em Novo Cruzeiro, Brumadinho e Guaraciaba. 
Estamos dando início a mais uma expansão em cidades nos Estados que já contamos com apoio de igrejas e ou congregações a saber GOIAS – Paraná.

  • MINAS GERAIS – Teófilo Otoni e PARANÁ – São José dos Pinhais.
 
Apesar de que em projetos audaciosos, mais austeros de implantação como que a SENAMIC realiza, haja também um processo natural de desligamentos de alguns obreiros ao longo anos, motivados por diversas razões: mudanças pessoais, ou por não alinhamento com a doutrina da ICB ou ainda por não conformação administrativa, graças a ação da graça de Deus, e trabalho contínuo de missionários e voluntários, a SENAMIC atualmente, a mesma conta com 42 obreiros, sendo 14 pastores, 11 presbíteros, 11 diáconos, 03 missionários e 03 evangelistas.

Temos muito a celebrar, pois Deus tem realizado milagres na vida da ICB nestes quase 18 anos de existência da SENAMIC através de homens e mulheres que por amor e obediência ao ide do Senhor tem se colocado à disposição desta tão importante obra, responsabilidade de toda Igreja e, missão pessoal de cada crente, obedecer ao IDE do Senhor Jesus Cristo. A Ele toda glória!

 
Pr. Antônio Dantas.
Secretário Nacional de Missões